Metro de Lisboa aberto a sem-abrigo durante a vaga de frio

Seguindo o exemplo de outras cidades, e dando-o também, Lisboa está preparada para a vaga de frio que estamos a sentir.

A pensar nos sem-abrigo, com menos possibilidades de fugir às baixas temperaturas, as estações de metro do Saldanha, Colégio Militar, Rossio, Intendente e Oriente vão estar abertas durante a noite.

O vereador da Proteção Civil, Carlos Manuel Castro disse à Agência Lusa que “enquanto se registarem estas temperaturas abaixo dos três graus, estarão abertas, durante o período da noite, a estação do Metro do Rossio, do Intendente, do Saldanha, da gare do Oriente e do Colombo”.

No Pavilhão do Casal Vistoso serão também distribuídas roupa quente, agasalhos e comida.

“Hoje mesmo, já as equipas que trabalham com a população sem-abrigo vão informar as pessoas de que amanhã têm à sua disposição, no pavilhão do Casal Vistoso, um local onde serão servidas refeições quentes e também serão distribuídos agasalhos”, acrescentou Carlos Manuel Castro. Nesses locais, os sem-abrigo “serão encaminhados para locais onde podem pernoitar: espaços da Santa Casa, do município e outros”, garantiu o responsável pelo pelouro da Proteção Civil.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê uma descida acentuada da temperatura para vários pontos do país, Lisboa incluída, com valores entre os 0 e os 4 graus.

Relacionados

Share

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.