• Onde sair em Lisboa
  • IndieMusic – Cinema e Música de mãos dadas

    O IndieMusic é uma seção do IndieLisboa que tem como objetivo trazer o público da música para o cinema. Apresentando filmes sobre bandas ou movimentos musicais ou trazendo ao festival filmes produzidos por músicos. Este ano Stuart Staples, o vocalista dos Tindersticks, apresentou o seu primeiro filme “Minute Bodies: The Intimate World of F. Percy Smith” (10 […]

    Share
  • Onde sair em Lisboa
  • Onde encontrar o Indie em Lisboa

    Começa no próximo dia 3 de Maio o IndieLisboa que apresentará em Lisboa uma seleção de filmes independentes e que vai já na sua 14ª edição. Na edição do ano passado, passaram cerca de 37000 espectadores (incluindo as secções paralelas). Na sessão de abertura será apresentado o filme “Colo” de Teresa Villaverde, ficando o encerramento do festival a […]

    Share
  • Onde sair em Lisboa
  • Palhaço pobre faz traquinices a palhaço rico

    O espetáculo de circo decorreu numa tenda instalada no jardim do Museu da Cidade no Campo Grande. Antes de começar o público esperou do lado fora, junto a uma banca de farturas, algodão doce e pipocas. Dois palhaços-toureiro confraternizam cá fora. Um estranho personagem vagueia no jardim. Nos altifalantes toca o tradicional genérico que acompanha os números de […]

    Share
  • Onde sair em Lisboa
  • O cinema italiano é uma Festa

    Começou ontem, dia 5 de Abril, a 10ª Festa do Cinema Italiano que trará a Lisboa, Porto, Coimbra, Almada e Setúbal uma seleção de filmes representativos da cinematografia daquele país. Durante uma semana serão apresentados 40 filmes, entre longas-metragens, curtas e documentários. Segundo a organização este “é o evento mais importante dedicado à cultura e […]

    Share
  • Onde sair em Lisboa
  • “Tentativas Para Matar o Amor” – e o Amor sobreviverá? Sim, no Teatro Aberto

    Tentativas Para Matar o Amor _ onde lisboa

    A peça “Tentativas Para Matar o Amor” reflete sobre a sociedade contemporânea e o espaço que ela reserva para as relações. O texto de Marta Figueiredo (vencedora do Grande Prémio de Teatro Português SPAutores/Teatro Aberto 2015) aborda o quotidiano e os desafios que a vida moderna traz às relações. De forma direta e clara, ninguém no público […]

    Share