Onde há alfarrabistas em Lisboa?

Parece que foi desta. Reunimos, por fim as condições necessárias para um artigo que já há muito aguardava um destaque no Onde Lisboa. Subvertamos o jogo: a partir deste momento, não está a consultar um moderno site de internet, mas sim o guia de Lisboa que Pessoa escreveu em 1925. Isto tudo porque esta semana os livros são o mote. Venha connosco conhecer os alfarrabistas de Lisboa.

Alguns com mais de meia centena de anos, outros mais recentes, muitos dirão que os alfarrabistas (assim como a procura por livros antigos) estão na moda, isto apesar da sua constante luta pela sobrevivência nos tempos que correm – notícias como o recente fecho das livrarias Sá da Costa e Portugal, em pleno Chiado não ajudam a pintar o cenário em cores mais alegres…

A verdade é que os alfarrabistas que ainda resistem fielmente por Lisboa continuam a ser verdadeiras arcas do conhecimento para todos os gostos, mercê do tipo de oferta que proporcionam, entre variadíssimos géneros e nacionalidades, da banda desenhada aos livros científicos, de Torga a Tolstoy.

Quanto aos espaços, muitos valem a visita só por si mesmos, pela capacidade única que têm de nos proporcionar uma nostálgica viagem ao passado. O melhor é fazer uma visita prolongada a cada uma das casas, pois é raro sair-se de um alfarrabista só com um livro debaixo do braço…E ainda bem.

Um roteiro pela literatura:

[slider_pro id=”63″]

01. Casa Pélys | 02. Alfarrabista Adelo
03. Letra Livre | 04. Livraria do Simão
05. Livraria Vilela | 06. Az do Livro
07. Fyodor

Terminamos com uma referência familiar ao tema, e que tem feito as delicias de muitos estudantes e amantes da literatura:

Onde ficam as melhores bibliotecas de Lisboa?

Conhece mais alfarrabistas em Lisboa? Partilhe connosco!

Relacionados

Share

2 Comment

  1. Muito útil…
    Obrigada

  2. Ana says: Responder

    Muito útil.obrigada

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.