Museu Benfica Cosme Damião

As velhinhas salas de troféus em que as Taças se amontoam sem grande critério são coisa do passado, pelo menos para o Benfica… Hoje o património do clube está no Museu Benfica Cosme Damião!

O projeto museológico do Benfica vem de 2010, altura em que o clube cria o Departamento de Reserva, Conservação e Restauro e o Centro de Documentação e Informação, os dois pilares daquilo que seria o Museu Benfica Cosme Damião. Inaugurado em julho de 2013 o Museu assume o nome do fundador, jogador e dirigente como forma de homenagem a esta figura incontornável da fundação do clube.

Aparentemente os 3 anos de trabalho de pesquisa, compilação e restauro do espólio do clube compensaram, já que o Museu Benfica Cosme Damião foi galardoado com o Prémio Museu Português do ano 2014 pela Associação Portuguesa de Museulogia (APOM)!

O Museu está no edifício junto ao Estádio da Luz, pegado aos pavilhões do clube. Aqui não se perde tempo, com três pisos o primeiro é onde vai encontrar os troféus, as coqueluches do Museu… Logo à entrada o inédito Triplete do ano passado que na verdade se torna um Pentlete com a Taças de Portugal, Taça da Liga, Supertaça Cândido de Oliveira e Campeonato nacional que tem direito a duas taças (a tradicional da federação Portuguesa de futebol e a nova atribuída pela Liga).

Museu Benfica Cosme Damião! O Museu do Glorioso!

A partir daí o visitante percorre um conjunto de espaços com os variadíssimos troféus que o Benfica venceu ao longo da sua história nas várias modalidades. As salas mais impressionantes são sem dúvida a das 33 Taças de campeão nacional (32 já que a mais recente está na entrada) a das 25 (24) Taças de Portugal e a sala dos troféus internacionais em que encontrará a famosa Taça latina e o apoegeu do Museu (e do clube): as duas Taças de Campeão Europeu. A interatividade é uma das bandeiras do museu e há sempre hipótese de se verificar informação relativa aos troféus expostos, com todas as estatísticas, jogadores e vídeos das campanhas (quando os há) em ecrãs táteis… É particularmente divertido procurar imagens dos campeonatos de que nos lembramos, principalmente se visitar o Museu com amigos.

O segundo piso é mais informal, aproximando-se do Sport Lisboa e Benfica enquanto ícone popular de Lisboa. Algumas portinholas na parede convidam-nos a abrir e espreitar exemplos do impacto que o Benfica tem na Literatura, Música, Cinema e Media desde o século XX. Há zonas dedicadas a jogadores, treinadores e dirigentes e naturalmente um espaço dedicado a Eusébio, o principal ícone do clube da Luz. Estão ilustrados vários momentos do imaginário dos benfiquistas (até o famoso brinco perdido de Vitor Batista vai encontrar!).

Neste piso há uma interessante zona de homenagem à cidade de Lisboa. Como se sabe o Benfica andou muito tempo de casa às costas, sem dinheiro para um sítio seu e definitivo. Todos os locais da cidade por onde o Benfica passou estão identificados num gigantesco mapa, desde a zona de Belém, onde o clube foi fundado em 1904 (ainda como Sport Lisboa), passando por campos emprestados e temporários como Carcavelos, Feiteira, Sete Rios, Terras do Desembargador e os Estádios das Amoreiras e Campo Grande. O antigo estádio da Luz também está aqui com 3 magníficas maquetas em que podemos ver a sua evolução até se tornar o maior estádio da Europa.

O terceiro Piso remata a visita do Museu com um filme sobre a história do clube e uma zona para se divertir com um espaço para as crianças e um simulador de penáltis em que pode chutar para a baliza (o guarda-redes virtual é um nabo, não será muito difícil fazer golo).

A par da visita ao Museu é possível fazer uma visita ao Estádio da Luz. Com passagem pelos balneários, tribuna VIP, sala de conferência de imprensa e relvado! No dia em visitámos o Estádio cruzamo-nos com Rui Costa nos corredores mas no OndeLisboa não prometemos que isso faça parte da visita… O Museu Benfica Cosme Damião é um dos mais recentes bons museus de Lisboa. Clubismos à parte, a visita ao museu é um programa divertido para fazer com a família (tem até preços especiais para famílias) ou um amigo que visita a cidade

Onde: Complexo do Estádio da Luz, Benfica.
Como chegar: Metro: Colégio Militar/Luz, Alto dos Moinhos (linha azul) | Autocarro: 703, 729, 764, 767, 765, 799, 750.
Horário: De 2ª a6ª das 10h às 18h. Em dia de jogo encerra à hora de início do jogo.
Contacto: 21 721 95 00
Preço:
Público geral (não sócios):
Adulto (18-64 anos) Museu 10€. Estádio 10€. Museu+Estádio 15€.
Criança (4-17 anos) Museu 4€. Estádio 4€. Museu+Estádio 6€.
Família (2 adultos + 2 crianças OU 1 adulto + 3 criança) Museu 20€. Estádio 20€. Museu+Estádio 34€.
Sénior (mais de 65 anos) Museu 6€. Estádio 6€. Museu+Estádio 10€.

Sócios:
A visita ao estádio tem entrada livre.
O Museu tem entrada livre para sócios com Red Pass e sócios menores pagantes. Sócios sem Red Pass pagam 5€ e sócios menores isentos pagam 2,5€.
Família (2 adultos + 2 crianças OU 1 adulto + 3 criança, obrigatoriedade de um adulto sócio) Museu 15€. Estádio 15€. Museu+Estádio 25€.

Photo credit: Avatarmin via VisualHunt / CC BY-NC

Relacionados

Share

2 Comment

  1. Bom dia,

    Somos um centro de estudos e estamos a organizar o nosso plano de férias
    de verão e gostávamos de saber informações sobre visita ao estádio.

    Têm algumas atividades programadas para crianças?
    No que consiste a visita?

    Atentamente,

    Cátia

    1. Inês Espojeira says: Responder

      Olá, Cátia. Nós apenas divulgámos a informação, para ter mais informações sobre o Museu o melhor é usar os contactos: 21 721 95 00 ou museu@slbenfica.pt.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.