Onde há estacionamento gratuito em Lisboa?

É inevitável: cada vez que temos de estacionar em Lisboa durante a semana, pensamos em drama, tragédia, horror. Seja o trânsito, os parquímetros ou o não ter moedas (problema que até já pode ser contornado com a aplicação móvel da EMEL), a verdade é que estacionar em Lisboa pode muito bem ser uma dor de cabeça.

Valham-nos os fins-de-semana em que uma boa parte dos estacionamentos são gratuitos e assim facilitam o acesso à cultura e lazer um pouco por toda a nossa cidade.

Neste artigo, sugerimos alguns locais um pouco por toda a cidade onde podem estacionar de forma gratuita, durante a semana e a qualquer hora.

 

1.Benfica | 2. Santos/Lapa/Madragoa | 3. Penha de França | 4. Alcântara | 5. Belém | 6. Laranjeiras | 7. Largo do Leão / Rua Visconde Santarém | 8. Graça/ S. Vicente de Fora | 9. Telheiras | 10. Av. Brasília | 11. Alvalade

  1. Benfica

Um pouco afastado do centro da cidade, ainda assim perto de muitos transportes, toda a zona de Benfica tem estacionamento gratuito: desde perto da Agência, Lusa, passando por perto do Centro Comercial Fonte Nova até à Igreja ou às Portas de Benfica. Visto que é uma zona residencial, mas também onde estão sediadas muitas empresas, pode não se encontrar à primeira, mas por norma não é complicado arranjar lugar onde deixar o carro. O único problema é quando há jogo do Benfica. Nesse caso, pago ou não, é muito difícil.

Transportes perto:
Há a estação de comboios de Benfica, o metro do Colégio Militar (linha azul) e muitos autocarros por perto, como o 750, o 758, 716, 729 ou 746.

Google-Benfica

2. Santos/Lapa/Madragoa

Nestas zonas, é possível encontrar estacionamento grátis à volta do ISEG, perto do jardim de S. Bento até à Assembleia, onde já se paga. Já em Santos, o estacionamento começa a ser pago perto do largo de Santos. A rua da Lapa também é paga, mas as ruas abaixo (exemplo: R. Remédios à Lapa, R. do meio à Lapa) ainda escapam ao parquímetro. Esta é, no entanto, uma zona em que por vezes inclusive os moradores têm algumas dificuldades em encontrar lugar.

Transportes perto:
Estas zonas estão bem servidas de transportes, tendo por perto o metro e o comboio do cais do Sodré (linha verde), e também o metro do Rato (linha amarela). Além disso, passam por ali vários autocarros como o 727, o 735, o 774 e o elétrico 25.

Google-SantosLapa

3. Penha de França

Um pouco mais para o centro, na zona da Penha de França, também é possível encontrar um espacinho para o “bólide”, sem pagar. O estacionamento gratuito começa na zona da Praça Paiva Couceiro, passando pelo cemitério de Alto de S. João e pela Avenida General Roçadas até à zona da Graça. Além disso, na encosta da Penha de França existe um projeto da Câmara Municipal, a ser levado a cabo pela EMEL, para a construção de um Parque de estacionamento.

Transportes perto:
As estações de metro mais perto são Arroios e Anjos (linha verde) e é ainda uma zona bem servida de autocarros como o 718, 742, 735.

Google-PenhaFrança

4. Alcântara

Mais chegada ao rio, toda a zona de Alcântara tem estacionamento gratuito. Durante o dia, e pelo facto de esta ser agora uma zona com muitas empresas, pode ser um pouco mais complicado encontrar lugar, principalmente perto da Lx Factory. No entanto, subindo em direção ao Instituto Superior de Agronomia, torna-se mais fácil conseguir deixar o carro para ir trabalhar ou passear por aqui.

Transportes perto:
Os elétricos 18 e 15 passam nesta zona, além de se encontrar perto de duas estações de comboio (Alcântara Mar e Alcântara Terra) e autocarros como 727, 724, 751 ou o 738.

Google-Alcantara

5. Belém

Seguindo pela Rua da Junqueira, entramos em Belém, uma zona também maioritariamente gratuita, no que ao estacionamento diz respeito. Por enquanto, só se paga em frente aos Pastéis de Belém, ao pé dos jardins. O resto da zona de Belém juntamente com o Restelo não estão sujeitas a pagamento, sendo também por isso boas opções.

Transportes perto:
Aqui situa-se o comboio da linha de Cascais, e muitos autocarros como o 714, 729, 751, bem como os elétricos 18 e 15.

Google-CçGalvaoBelem

6. Laranjeiras e Alto dos Moinhos

Uma parte deste bairro tem estacionamento pago, nomeadamente desde o Externato dos Maristas até à Loja do Cidadão. No entanto, o restante dessa área é livre de parquímetros. Mais uma vez, em dia de jogo de futebol no Estádio da Luz torna-se complicado encontrar lugar nesta zona.

Transportes perto:
As estações de metro das Laranjeiras e Alto dos Moinhos (linha azul) estão próximas, assim como muitos autocarros como 764, 799, 726, 764 e 729. Google-Laranjeiras

 

7. Largo do Leão / Rua Visconde Santarém

No meio de uma zona muito concorrida, como é esta, a rua Visconde de Santarém mais o Largo do Leão são uma exceção onde a EMEL ainda não chegou. Muito perto do Arco do Cego, esta área está normalmente cheia e para arranjar lugar é preciso chegar muito cedo.

Transportes perto:
Há duas estações de metro próximas: Arroios (linha verde) e Saldanha (amarela e vermelha), além de vários autocarros como o 706, 718, 735, 716, 726 e 742.

OndeLisboa-ViscondeSantarem

8. Graça/ S. Vicente de Fora

Embora existam muitos lugares reservados a residentes, há muitos lugares gratuitos para visitantes na zona da Graça e S. Vicente de Fora. De destacar a zona do Campo de Santa Clara, onde é feita a Feira da Ladra que, excetuando dias de feira (terças e sábados), costuma ter espaço disponível. É uma boa opção para deixar o carro e ir passear pela zona histórica, ou então simplesmente para apanhar um transporte para outra zona central.

Transportes perto:
Não muito longe, existe a estação de comboios de Santa Apolónia, que também tem o metro (linha azul). Para além disso, também não fica longe do metro do Martim Moniz (linha verde). Além disso, também passa aqui o elétrico 28 e os autocarros 734, 712 e 778.

OndeLisboa-Graça

9. Telheiras

Perto da zona do Campo Grande, em Telheiras (por exemplo, perto do Estádio de Alvalade ou da Escola Alemã), é possível deixar o carro de forma gratuita e sem ter de procurar muito. É uma zona sossegada, residencial e com muitas famílias e rodeada perto da 2ª Circular do Eixo Norte-Sul e da avenida Padre Cruz, portanto com bons acessos. Apenas em dias de jogo em Alvalade é mais difícil encontrar onde estacionar.

Transportes perto:
Para além do metro de Telheiras (linha verde), é uma zona bem servida de autocarros da carris, como o 747, 767 e o 778

OndeLisboa-Telheiras

10. Avenida de Brasília

Paralela à Avenida da Índia (e depois à 24 de julho), está a Avenida de Brasília, que tem estacionamento grátis até um pouco antes do Museu Nacional de Arte Antiga. Por ser depois da linha do comboio, só é acessível por carro ou pelos viadutos de Alcântara e da Infante Santo ou então pela via do Cais do Sodré.

Transportes perto:
A Estação de comboios da linha de Cascais (estações de Alcântara-Mar ou Belém, se for mais perto do Museu da Eletricidade, por exemplo) e muitos autocarros como por exemplo o 728, 732, 760 e 720.

OndeLisboa-AvBrasilia

 

11. Alvalade

Quase toda a zona de Alvalade é de estacionamento pago, à exceção de uma zona que apanha a Rua Fernando Pessoa, antes de chegar ao Campo Grande e a área à volta da Biblioteca Municipal dos Coruchéus. É uma zona residencial, por isso pode não ser muito fácil arranjar lugar facilmente.

Transportes perto:
A estação de metro de Alvalade (linha verde) , o terminal do Campo Grande e vários autocarros, como o 735, 755 e 767.

OndeLisboa-Alvalade

Podem consultar o mapa da EMEL aqui.


Falta algo a este artigo? Falem connosco através de email ou das nossas redes sociais.
info@ondelisboa.com facebook.com/ondelisboa  |  twitter.com/OndeLisboa | instagram.com/ondelisboa

Relacionados

Share

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.