Carris passou hoje para as mãos da Câmara de Lisboa – o que muda?

carris passa a ser gerida pela camara municipal de lisboa

A partir de 1 de fevereiro, a Carris passa a ser gerida pela Câmara Municipal de Lisboa. E isto traz algumas mudanças.

Crianças até 12 anos não pagam passe

A partir de hoje, 1 de fevereiro, crianças dos até aos 12 anos (inclusivé) não pagam para viajar nos autocarros nem metro de Lisboa, desde que tenham o Cartão Lisboa Viva com perifl de criança. Esta é uma das grandes diferenças com a mudança de gestão da Carris para a Câmara Municipal.

Um dos grandes objetivos desta medida, é habituar a camada mais jovem a utilizar os transportes públicos no dia a dia. Melhorando a mobilidade através de autocarros e metros melhora-se também a qualidade de vida na cidade.

A Câmara deu o exemplo de poupança de uma família com dois filhos menores de 12 anos, que passa a poupar 642 € por ano.

Como ter um Lisboa Viva com perfil criança

Os Cartões Lisboa Viva com perfil Criança podem ser adquiridos nos postos de Venda Metro das estações: Marquês de Pombal, Colégio Militar, Jardim Zoológico, Campo Grande, Baixa-Chiado, Cais do Sodré, Oriente e Aeroporto. E também nos Espaços Cliente Santo Amaro e Arco do Cego, Quiosques Mob Carris e em qualquer Operador de Transportes da Região de Lisboa.

As crianças dos 4 aos 12 anos têm que ser titulares do cartão Lisboa Viva, com perfil Criança, para usufruir do direito de transporte gratuito.

Menos 44% para pessoas com mais de 65 anos

Para os mais velhos, não há passes gratuitos, mas há desconto de 44%. Para pessoas com mais de 65 anos, os passes Navegante Urbano passam a custar 15€ em vez dos 26,75€ atuais (menos 141€ por ano).

As novas carreiras

Serão lançadas 21 novas carreiras. O jornal Público avançou que começarão já este ano a funcionar 2 novas carreiras nas zonas de Parque das Nações, Marvila e Olivais.

Todas as outras, que ligarão Alvalade, Arroios, Avenidas Novas, Beato, Belém, Benfica, Campo de Ourique, Campolide, Carnide, Estrela, Lumiar, Misericórdia, Penha de França, Santa Clara, São Domingos, São Vicente, Santo António e Santa Maria Maior, estarão prontas até 2019.

Mais autocarros, mais novos, mais amigos do ambiente e mais motoristas

A Câmara Municipal de Lisboa quer ter 250 novos veículos nos próximos 3 anos e 220 novos motoristas. A idade média da frota deve passar de 12 para 10 anos e deverá ser substituída por veículos menos poluentes – aumentando os que são movidos a gás e eletricidade.

Wi-fi nos autocarros e APP com o tempo de espera 

Está previsto que os autocarros passem a ter todos wi-fi gratuita e que seja lançada uma APP nova que dirá aos utilizadores quanto tempo têm de esperar pelo autocarro, assim como sugestões das melhores rotas a seguir.

Relacionados

Share

1 Comment

  1. John says: Responder

    Muitas vantagens! Excelente estratégia! App com tempo de espera? Autocarros eletricos? Que mude hoje para a CM Lisboa!

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.